Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/01/20 às 15h54 - Atualizado em 1/04/20 às 15h26

Cuxiú-marrom

Cuxiú-marrom (Chiropotes sagulatus)

 

TAXONOMIA
Classe Mammalia
Ordem Primates
Família Pitheciidae

                                                                           

Características: O corpo mede entre 39,5 e 44 cm, com os machos sendo ligeiramente maiores do que as fêmeas. Podem pesar até 3,0 kg e a cauda não é preênsil, medindo de 40 a 46 cm. O corpo é coberto por uma pelagem espessa, que é mais longa na cabeça e sua coloração é amarronzada no dorso e preta nos membros, cabeça e cauda. Como todas as espécies de cuxiú (gênero Chiropotes), possui uma barba que é mais desenvolvida nos machos.

 

Distribuição Geográfica: Ocorre no Brasil ao norte do rio Amazonas, desde a região situada a leste dos rios Negro e Branco, nos estados do Amazonas, Roraima e Amapá. E encontrado também na Guiana, Guiana Francesa e Suriname.

Habitat: Florestas tropicais de terra firme e florestas e cerrado de altitude até 500 m.

 

Alimentação: Onívoro.

 

Reprodução: Gestação de 150 dias, nascendo até 1 filhote.

 

Expectativa de Vida em Cativeiro: 15 anos.

 

Status de Conservação (MMA): Não Ameaçado.

 

Curiosidades: Até recentemente, este cuxiú era considerado uma única espécie com outra denominada Chiropotes chiropotes. Assim como outros primatas dessa família, possuem os dentes adaptados a uma dieta basicamente de sementes, que podem chegar a corresponder a até 72% de sua alimentação. Os cuxiús costumam usar as mãos para coletar água e beber, sendo esta a origem de seu nome cientifico. Chiropotes significa “o que bebe com a mão”.

 

Plantel do Zoológico
Machos Fêmeas Indeterminado
1 0 0

 

* Com informações de: IUCN, ICMBio e Ministério do Meio Ambiente.

ZOO - Governo do Distrito Federal

Fundação Jardim Zoológico de Brasília

Fundação Jardim Zoológico de Brasília Avenida das Nações, Via L4 Sul, s/n - Brasília, DF. CEP - 70610-100 Telefone: 3445-7000