Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/01/20 às 15h55 - Atualizado em 1/04/20 às 15h28

Cuxiú-preto

Cuxiú-preto (Chiropotes satanás)

 

 

TAXONOMIA
Classe Mammalia
Ordem Primates
Família Pitheciidae

  

Características: O corpo mede entre 33,5 e 42,5 cm, com os machos sendo ligeiramente maiores do que as fêmeas. Podem pesar até 3,0 kg e a cauda não é preênsil, medindo de 35,5 a 42 cm. O corpo é coberto por uma pelagem espessa, que é mais longa na cabeça e sua coloração é praticamente preta, apresentando um tom ligeiramente mais claro no dorso. Como todas as espécies de cuxiú (gênero Chiropotes), possui uma barba que e mais desenvolvida nos machos.

 

Distribuição Geográfica: É endêmica do Brasil, ocorrendo desde a margem direita do rio Tocantins, no Pará, até os limites orientais da Amazônia, no Maranhão.

Habitat: Florestas tropicais de terra firme.

 

Alimentação: Onívoro.

 

Reprodução: Gestação de 150 dias, nascendo até 1 filhote.

 

Expectativa de Vida em Cativeiro: 20 anos.

 

Status de Conservação (MMA): Criticamente em Perigo.

 

Curiosidades: O cuxiú-preto se encontra seriamente ameaçado pelo desmatamento, já tendo desaparecido de boa parte de sua área de ocorrência. As populações selvagens que restam também estão sob pressão da caça ilegal. Assim como outros primatas dessa família, possuem os dentes adaptados a uma dieta basicamente de sementes, que podem chegar a corresponder a até 72% de sua alimentação. Os cuxiús costumam usar as mãos para coletar água e beber, sendo esta a origem de seu nome científico. Chiropotes significa “o que bebe com a mão”.

 

Plantel do Zoológico
Machos Fêmeas Indeterminado
0 1 0

 

* Com informações de: IUCN, ICMBio e Ministério do Meio Ambiente.

ZOO - Governo do Distrito Federal

Fundação Jardim Zoológico de Brasília

Fundação Jardim Zoológico de Brasília Avenida das Nações, Via L4 Sul, s/n - Brasília, DF. CEP - 70610-100 Telefone: 3445-7000