Get Adobe Flash player

By A Web Design Company

O Instituto Federal de Educação de Brasília (IFB), em parceria com o Zoológico, ministra o Curso para Capacitação de Cuidadores de Animais. Por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego(PRONATEC), os integrantes recebem aulas de ética, noções de português, biologia, legislação ambiental, conceitos básicos sobre manejo, nutrição animal e medicina veterinária, entre outros. Sediado no Zoológico, o 1º curso terá o melhor ambiente para aliar a teoria à prática.

Com extensão em nível nacional, o objetivo é qualificar o trabalho realizado pelos profissionais conhecido como tratadores e melhorar os conhecimentos dos estudantes de graduação das áreas a fins. Com as novas técnicas, os servidores estarão mais capacitados para prática de manejo, higiene de instalações, ambientação de recintos, diagnóstico a partir da fisiologia animal e outras atividades pertinentes à função.

As aulas iniciaram no último dia (14/07) e terá um total de 246 horas aulas, distribuídas em teoria e prática. Além da gratuidade total do curso, os participantes recebem auxílio alimentação e vale transporte (cartão fácil).

AddThis Social Bookmark Button

Graças ao trabalho da Diretoria de Alimentação e Nutrição Animal (DAN), o zoológico de Brasília é considerado um centro de excelência em nutrição de animais silvestres. Após estabelecer novos critérios para o cuidado com a dieta, a direção vem qualificando os profissionais do setor e garantindo qualidade de vida aos bichos.  

Segundo o zootecnista e diretor da DAN, Guilherme de Carvalho, o controle nutricional traz outros benefícios. “Não é só pela manutenção. A alimentação tem que levar em conta a idade e os hábitos dos animais e, sem desperdícios, disponibilizar a nutrição que precisam,” explica. A experiência reforça a instituição como centro de excelência ao exportar conhecimento, pois já apresentou as novidades ao zoológico de Goiânia e a um criador do mesmo Estado. “Nós abandonamos a prática amadora que existia e implementamos critérios técnicos profissionais”, reforça Carvalho.

Produção de orgânicos - A qualidade da alimentação envolve conhecimentos que a zootecnia e a agronomia oferecem para produção de nutrientes. Um bom exemplo é o cultivo de grãos, capins e leguminosas como milho, hortaliças, capim elefante e uma novidade para enriquecimento da silagem de nutrientes, o capim conhecido como teocinte. Este, que é o mais antigo ancestral do milho, garante alto teor de propriedades nutritivas presentes na natureza, está em fase inicial de cultivo, portanto, um ganho para os animais silvestres.

A silagem por sua vez, garante o armazenamento de 30 toneladas de nutrientes, tendo na composição: milho, feijão, capim elefante, e feijão guandu. Também traz vantagem do ponto de vista alimentar e econômico, uma vez que, em períodos de seca há escassez desses nutrientes. O Zoo também economiza em viagens na busca de capim e na compra de outros produtos alimentícios.

Inovação na composição da dieta – Antes, a ração era apenas distribuída e consumida. Hoje, é usada na preparação de bolinhos com várias frutas, o que melhora a dieta individual, pois cada um necessita de uma composição alimentar diferenciada. As aves por serem seletivas, comem apenas algumas frutas e, com a ideia de enriquecimento, é possível atingir o valor nutritivo desejado.

Resultado – A ausência de animais com enfermidades decorrentes da má alimentação, como doenças cardíacas, renais e hepáticas é outro indicador que garante a eficácia do programa estabelecido pela DAN. A partir da avaliação semanal sobre o escore corporal de cada espécie, é possível identificar o estado de bem estar dos bichos. Dessa forma, fica garantida uma dieta equilibrada, proporcionando saúde e qualidade de vida aos animais do Zoológico de Brasília.

AddThis Social Bookmark Button

Com data marcada para começar no próximo dia 21 de julho, a nova edição da Colônia de férias do Zoológico de Brasília, denominada Colônia de “Feras”, terá atrações inesquecíveis. Além das atividades recreativas, os colonins conhecerão o trabalho dos técnicos do Zoo nos bastidores, receberão aulas de educação ambiental, brincadeiras e oficinas, entre outras.

A duração dessa edição será de cinco dias (de 21 a 25 de julho), das 14 às 17h. As inscrições começam na próxima segunda-feira (07/07), junto à Diretoria de Conscientização Ambiental-DICAM- a qual reserva 50 vagas. O valor da matrícula custa R$ 100,00 (cem reais), incluindo lanche e uniforme. Para participar, a criança deve ter entre 07 e 12 anos de idade. Maiores informações pelos telefones: 3445-7043 / 7007, ou pelo e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

AddThis Social Bookmark Button

A Comissão Organizadora de Licitações e Contratos do zoológico de Brasília redefiniu ajustes e lançou,  na última sexta-feira (25), o novo edital para concessão púbica do Aquário do Zoológico da Capital. No próximo dia (09/09), às 10h, no auditório da instituição, será lançada  a licitação para construção do empreendimento. Com a nova estrutura, o Zoo terá mais uma opção de lazer, fortalecerá o turismo local, dará oportunidades de empregos e promoverá a educação ambiental com foco na preservação da fauna aquática.

Além de fortalecer o turismo, o aquário garantirá inovações em modalidades de emprego e pesquisas científicas. "Teremos um atrativo turístico diferenciado, aumentaremos a renda e ainda vamos potencializar a educação ambiental e os estudos científicos, beneficiando toda a população, em especial, crianças e estudantes ", enfatizou o diretor-presidente, José Belarmino da Gama Filho.

A construção se dará por meio de uma concessão, o que não implicará custo aos cofres públicos e, parte do lucro será revertido em investimentos no Parque.  O aquário terá espécies de peixes de todas as bacias hidrográficas brasileiras e também de espécies do mar, como arraias e tubarões. Enfim, um empreendimento de grande importância dará ao Zoo, mais um motivo de ser orgulho para os moradores da capital.

AddThis Social Bookmark Button

Novas atrações estarão abertas ao público neste final de semana. Serão inaugurados os recintos da ariranha, do mangusto e do suricata. As novas estruturas atendem um conceito moderno de visitação. Em vez grades, vidros temperados separam as pessoas dos animais, proporcionando assim, uma visitação inesquecível.

Além da comodidade e conforto para o visitante, os novos espaços atendem padrões de qualidade quanto à promoção do bem estar animal. A novidade também promove a educação ambiental e a pesquisa científica, uma vez facilita atividades de manejo, condicionamento e exposição dos animais.

A cada dia o Zoológico de Brasília se torna um lugar mais aprazível para passar o dia com familiares e amigos. Deixe sua preguiça em casa e venha conhecer os novos recintos e visitar nossos bichos, pois as grandes atrações esperam por você!

AddThis Social Bookmark Button

Tradutor

Zoo Informação

Zoo Mapa

Sistema de Ouvidoria

Parceiros

Zoo Foto

fotos.png

Tripadvisor