Get Adobe Flash player

By A Web Design Company

+ Notícias

O Zoológico de Brasília abrirá inscrições para a nova temporada da Colônia de Férias, edição 2015.  Denominada Colônia de “Feras”, o programa é uma ótima oportunidade para que as crianças entre 7 e 12 anos de idade possam ocupar a folga escolar com diversas atrações previstas na agenda. As atividades ocorrerão no período da tarde, de 13h30 às 17h30, entre os dias 20 e 24 de julho.  

Além das brincadeiras, os colonis se ocuparão com atividades de conscientização ambiental, oficinas, gincanas, visitas aos bastidores do Zoo, visita ao Museu de Ciências Naturais e muito mais. A taxa de inscrição é de R$100,00. O pai ou responsável deverá trazer uma foto 3X4 e cópia da certidão de nascimento do participante.

As inscrições deverão ser feitas na Diretoria de Conscientização Ambiental – DICAM, entre os dias 29 de junho e 03 de julho, das 09h às 12h e das 14h às 17h. Estarão disponíveis apenas 50 vagas, portanto, não deixe a inscrição para a última hora!

Maiores informações: 3445-7007 ou 3445-7043.

A Direção. 

AddThis Social Bookmark Button

Profissionais do Zoológico de Brasília se despediram na manhã da última quarta-feira (10), do tigre de bengala “Diego”. O grande felino chegou ao Zoo em dezembro de 2006, resultado de uma apreensão do IBAMA. A ação administrativa impetrada pelo órgão retirou um casal de tigres, e cinco leões do picadeiro que pertencia ao Transcontinental Circo, por evidências de maus-tratos. O Zoológico, desde então, passou a ser o fiel depositário destes animais.

 

O macho da espécie de Tigre de Bengala vinha, desde então, aguardando um lugar melhor para viver. Um entendimento entre o IBAMA, o Zoológico de Brasília e o santuário Rancho dos Gnomos, localizado na cidade de Cotia-SP, definiu a nova morada do felino. Sob a escolta do órgão de fiscalização, o animal chegará em boas condições até o local de destino. A ação contou com apoio de diversas instituições ambientalistas, afinal, o bem-estar animal é preocupação de todos.

 

Um Histórico em defesa dos animais – Além dos animais vindos do Circo Transcontinental, o Zoológico de Brasília já figurou como fiel depositário de diversas espécies em situação de maus-tratos, entre eles, os animais do Le Cirque: o elefante Chocolate; o rinoceronte Thor; a hipopótamo Iuly e a lhama, Carijó. Também recebeu animais do Zoológico de Niterói e de criadouros particulares.

 

Seja no Parque em Brasília, ou em qualquer lugar apropriado, a direção sempre trabalhará em prol do melhor destino para estes animais. Por essas e outras razões, reiteramos que a Fundação Jardim Zoológico de Brasília em nada se assemelha a um mero depositório de animais para exposição, uma vez que se preocupa com a promoção do bem-estar animal, desenvolve inúmeros projetos na área de educação ambiental, participa e apoia ações voltadas à pesquisa e conservação da fauna nativa e exótica.


AddThis Social Bookmark Button

Por determinação da direção, os portões ficarão abertos durante o feriado de Corpus Christi, celebrado na quinta-feira (4). Em virtude das comemorações da Semana do Meio Ambiente, diversas atividades se estenderão ao longo do final de semana, portanto, o atendimento ao público segue até domingo, 7 de junho.

O horário de funcionamento será normal, das 9h às 17h. Crianças com até cinco anos de idade e idosos maiores de 60 não pagam. O ingresso custa R$ 2,00.

Na segunda-feira (06), os portões fecham para manutenção.

Sejam bem-vindos.

A direção.   

AddThis Social Bookmark Button

Além das atividades realizadas no Jardim Zoológico de Brasília, a equipe foi até Taguatinga oferecer uma tarde de diversão aos moradores.


A equipe do Jardim Zoológico de Brasília foi até o Parque Saburo Onoyama, no último final de semana, para participar das atividades da Semana do Meio Ambiente. Por meio do Programa Zoo Vai ao Parque, os colaboradores da Fundação levaram exemplares dos serviços prestados no zoo para aproximar os bichos da população taguatinguense.

A ação fez parte do lançamento do projeto Brasília nos Parques, que tem por objetivo, aumentar o lazer direcionado nas áreas verdes da cidade. “Este é mais um dos cinco parques que queremos entregar prontos até o final desde ano no projeto de tornar Brasília ainda mais sustentável”, disse o governador Rodrigo Rollemberg. “Locais assim, aproximam as famílias, permitem um contato com a prática de esportes ao ar livre, incentiva a brincadeira entre a criançada e resgata a história da cidade”, completou o secretário de Meio Ambiente, André Lima.

No espaço do Zoológico, os visitantes puderam conhecer exemplares de animais empalhados, como serpentes, lobo e tatu, entre outros. No local, também foi montada uma biblioteca para que as crianças conhecessem mais sobre os bichos, além de pintar e levar consigo um desenho de cada amostra.

Brasília nos parques – Em ação conjunta, as Secretarias de Saúde, de Cultura e do Esporte e Lazer pretendem desenvolver atividades de incentivo ao uso e proteção das áreas ambientais em diversos locais de Brasília. A próxima edição do Brasília nos Parques será no Parque Ecológico do Guará. A ideia é que os visitantes participem das aulas de ginástica e de hidroginástica e pratiquem esportes nas áreas verdes. 

AddThis Social Bookmark Button

As atividades contemplam a campanha Junho Verde, que envolverá a sociedade em ações sustentáveis

O Zoológico abriu as portas para capacitar jovens estudantes e apreciadores da natureza. Com o lançamento da Semana do Meio Ambiente, oferece cursos, palestras e atividades lúdicas até 7 de junho.  O primeiro dia foi marcado por minicursos que transmitiram parte da rotina dos profissionais do Zoo, envolvendo noções de taxidermia, enriquecimento ambiental e manejo de animais silvestres.

Antes da aula prática sobre noções de taxidermia, os integrantes aprenderam que, além da exposição das peças, o trabalho é importante para os projetos de inclusão social, como Zoo Toque, por exemplo. “Podemos aproximar pessoas com deficiência visual de animais de grande porte. Depois de ouvirem sobre a biologia, tocam o animal para mapeá-lo e compreendê-lo melhor”, explica o Médico Veterinário Alexandre Barbosa. Parte da técnica repassada atrai estudantes da área. “Vi fotos na internet e, quando soube do curso, me inscrevi. Estou ansioso, mas já posso informar que o minicurso está ótimo”, avaliou Yasayas da Silva, estudante de Biologia.

Outro minicurso procurado por estudantes de biologia e medicina veterinária é o de enriquecimento ambiental e manejo de animais: A palestra inicial abordou as formas de interferir nos ambientes do Jardim Zoológico para incentivar o desenvolvimento físico, cognitivo, alimentar, sensorial e social dos animais.

Ministrante do curso, o biólogo Vinicius Pereira demonstra que há ações sustentáveis já nos primeiros procedimentos. “Usamos materiais reciclados para montar os objetos de apoio dentro dos recintos, como escadas, redes e utensílios que guardam a alimentação”, revela. Algumas dinâmicas são criadas para estimular os instintos dos bichos. “Colocamos comida dentro de tampas de garrafas e caixas fechadas para que eles procurem o alimento, simulando assim, o que acontece na natureza”, explicou Vinícius.

Brasília nos Parque – Em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente -SEMA-Instituto Brasília Ambiental e outros órgãos de Governo, o Jardim Zoológico de Brasília, estará presente e duas atividades voltadas para Semana do Meio Ambiente. Dentro do Zoo atenderá o púbico entre os dias 1 e 7 de junho com várias atividades. Em ação conjunta, estará no parque Saburo Onoyama, em Taguatinga, onde fará diversas exposições e palestras. Veja a programação.  

As ações comtemplam o tema da campanha Junho Verde, que tem por objetivo, ressaltar a importância da preservação e educação ambiental junto à sociedade.

AddThis Social Bookmark Button

Tradutor

Zoo Informação

Zoo App

Zoo Mapa

Zoo Obituário

Parceiros

PDTI

Tripadvisor