Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/01/20 às 16h45 - Atualizado em 1/04/20 às 16h32

Mico-de-cheiro

Mico-de-cheiro (Saimiri boliviensis)

 

TAXONOMIA
Classe  Mammalia
Ordem  Primates
Família  Cebidae

 

Características: Este pequeno primata mede entre 22,5 e 37 cm e pode pesar até 1,13 kg. Os machos são ligeiramente maiores do que as fêmeas. Apresenta uma máscara de pelos brancos ao redor dos olhos e uma pelagem preta no topo da cabeça, com a coloração no resto do corpo variando do amarelo ao alaranjado e sendo esbranquiçada no ventre. Os membros têm pelos amarelados ou quase dourados.

 

Distribuição Geográfica: Ocorre na região situada entre os rios Juruá e Purus, nos estados do Amazonas, Acre e Rondônia. Também é encontrado na Bolívia e Peru.

Habitat: Florestas tropicais até os 1.500 metros de altitude.

 

Alimentação: Onívoro.

 

Reprodução: Gestação de 160 dias, nascendo 1 filhote.

 

Expectativa de Vida em Cativeiro: 25 anos. 

 

Status de Conservação (MMA): Não Ameaçado.

 

Curiosidades: Apesar de ainda ser bastante comum no seu habitat natural, esta espécie sofreu um declínio populacional por causa da destruição da floresta devido ao avanço das fazendas, exploração madeireira e construção de estradas. Os macacos-de-cheiro também são popularmente conhecidos como “mãos-douradas” ou “mãos-de-ouro” pela presença de pelos amarelados nos membros.

 

Plantel do Zoológico
Machos  Fêmeas  Indeterminado
1 0 0

 

* Com informações de: IUCN, ICMBio e Ministério do Meio Ambiente.

ZOO - Governo do Distrito Federal

Fundação Jardim Zoológico de Brasília

Fundação Jardim Zoológico de Brasília Avenida das Nações, Via L4 Sul, s/n - Brasília, DF. CEP - 70610-100 Telefone: 3445-7000