Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/01/20 às 16h40 - Atualizado em 1/04/20 às 16h27

Quati

Quati (Nasua nasua)

 

TAXONOMIA
Classe  Mammalia
Ordem  Carnivora
Família  Procyonidae

 

Características: O corpo mede entre 73 e 136 cm e pode pesar até 14 kg. A cabeça é triangular, com orelhas pequenas e arredondadas e focinho estreito. Possui a pelagem com coloração variando do marrom escuro ao avermelhado, sendo a tonalidade desta mais escura na cabeça e membros. Apresenta na cauda listras escuras em formato de anel.

 

Distribuição Geográfica: Ocorre em todo o Brasil, sendo encontrado também na Colômbia, Venezuela, Guiana, Suriname, Guiana Francesa, Equador, Peru, Bolívia, Paraguai, Uruguai e Argentina. 

Habitat: Floresta amazônica, Mata Atlântica, Caatinga, savanas (como o Cerrado) e montanhas até os 2.500 metros de altitude.

 

Alimentação: Onívoro.

 

Reprodução: Gestação de 70 dias, nascendo em média 4 filhotes.

 

Expectativa de Vida em Cativeiro: 17 anos. 

 

Status de Conservação (MMA): Não Ameaçado.

 

Curiosidades: Esta espécie forma grupos de fêmeas e jovens que percorrem diariamente seu território à procura de alimento, tanto no chão como nas copas das árvores, e comunica-se por meio de sons e gestos das caudas. Os machos adultos costumam ser solitários. São reconhecidas duas espécies de quati no mundo, sendo Nasua nasua com ocorrência para a América do Sul e o quati-de-focinho-branco (Nasua narica), para o sul dos Estados Unidos e América Central.

 

Plantel do Zoológico
Machos  Fêmeas  Indeterminado
1 4 0

 

* Com informações de: IUCN, ICMBio e Ministério do Meio Ambiente.

ZOO - Governo do Distrito Federal

Fundação Jardim Zoológico de Brasília

Fundação Jardim Zoológico de Brasília Avenida das Nações, Via L4 Sul, s/n - Brasília, DF. CEP - 70610-100 Telefone: 3445-7000