Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/02/20 às 11h53 - Atualizado em 1/04/20 às 17h00

Rinoceronte-branco-do-sul

Rinoceronte-branco-do-sul (Ceratotherium simum)

 

TAXONOMIA
Classe Mammalia
Ordem Perissodactyla
Família Rhinocerotidae

 

Características: É a maior espécie de rinoceronte e o segundo maior mamífero terrestre, logo após os elefantes. Pode medir 4 metros e pesar até 3,6 toneladas, sendo os machos ligeiramente maiores do que as fêmeas. O corpo apresenta uma coloração que varia do acinzentado ao amarronzado, com um couro espesso e pelos esparsos. A cabeça possui dois chifres na região próxima às narinas e uma boca larga com lábios espessos, adaptados para o hábito de pastar. São reconhecidas duas subespécies de rinoceronte-branco, a do Sul (Ceratotherium simum simum) e a do norte (Ceratotherium simum cottoni).

 

Distribuição Geográfica: Habita savanas arbustivas e secas do sul da África.

Habitat: Savanas, bosques e pântanos.

 

Alimentação: Herbívoro.

 

Reprodução: Gestação de 530 dias, nascendo 1 filhote.

 

Expectativa de Vida em Cativeiro: 30 anos. 

 

Status de Conservação (IUCN): Quase Ameaçada.

 

Curiosidades: Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o nome popular desse rinoceronte não tem relação com a sua cor, mas com um mal-entendido histórico. Os primeiros exploradores europeus ao encontrar esta espécie no sul da África foram holandeses que a batizaram de rinoceronte “wijd”, uma palavra em holandês que significa “largo” e uma referência aos lábios do animal. Quando colonos britânicos chegaram depois, entenderam o nome do animal em holandês errado e confundiram com “white”, a palavra em inglês para “branco”. Todas as 5 espécies de rinoceronte que habitam a África e a Ásia sofrem grande ameaça da caça ilegal por seus chifres, que são visados para abastecer o mercado da medicina tradicional chinesa. No entanto, o chifre é feito de queratina (mesmo material das unhas e cabelos humanos) e não há qualquer comprovação científica de que tenha poder curativo.

 

Plantel do Zoológico
Machos  Fêmeas  Indeterminado
1 0 0

 

* Com informações de: IUCN, ICMBio e Ministério do Meio Ambiente.

ZOO - Governo do Distrito Federal

Fundação Jardim Zoológico de Brasília

Fundação Jardim Zoológico de Brasília Avenida das Nações, Via L4 Sul, s/n - Brasília, DF. CEP - 70610-100 Telefone: 3445-7000