Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/01/20 às 15h22 - Atualizado em 3/02/20 às 19h36

Waterbuck

Waterbuck (Kobus ellipsiprymnus)

 

                                                                     TAXONOMIA
Classe Mammalia
Ordem Cetartiodactyla
Família Bovidae

       

Características: Este antílope mede entre 1,77 e 2,35 metros e pode pesar até 262 kg. Os machos são maiores do que as fêmeas e possuem na cabeça dois chifres grandes e curvados para frente. Apresenta uma pelagem grossa com uma crina no pescoço, com coloração que varia do cinza ao amarronzado e que se torna mais escura com a idade. Possui listras brancas acima dos olhos e delimitando a região jugular (no pescoço), assim como um círculo de pelos brancos ao redor da cauda.

 

Distribuição Geográfica: No passado, sua distribuição abrangia praticamente toda a África ao sul do Saara. Hoje, no entanto, desapareceu da Gâmbia e boa parte do Senegal e Etiópia, sendo encontrado em Angola, Benin, Botsuana, Burkina Faso, Burundi, Camarões, República da África Central, Chade, Congo, República Democrática do Congo, Costa do Marfim, Eritreia, Etiópia, Gabão, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Quênia, Malawi, Mali, Moçambique, Namíbia, Níger, Nigéria, Ruanda, Serra Leoa, Somália, África do Sul, Sudão do Sul, Sudão, Suazilândia, Tanzânia, Togo, Uganda, Zâmbia e Zimbábue.

Habitat: Pântanos, bosques abertos e savanas, sendo encontrado sempre próximo à água.

 

Alimentação: Herbívoro.

 

Reprodução: Gestação de 280 dias, nascendo em média 1 filhote.

 

Expectativa de Vida em Cativeiro: 18 anos.

 

Status de Conservação (IUCN): Pouco preocupante.

 

Curiosidades: A principal defesa do waterbuck quando se sente ameaçado por predadores é correr e buscar refúgio na água. Os machos utilizam seus chifres em disputas pelas fêmeas com rivais na época do acasalamento. Apesar de não ser considerado uma espécie ameaçada, este antílope desapareceu de várias regiões devido à caça. Existem duas subespécies reconhecidas de waterbuck, sendo estas as do Norte (Kobus ellipsiprymnus defassa) e do sudeste da África (Kobus ellipsiprymnus ellipsiprymnus).

 

Plantel do Zoológico
Machos Fêmeas Indeterminado
0 3 0

 

* Com informações de: IUCN, ICMBio e Ministério do Meio Ambiente.

ZOO - Governo do Distrito Federal

Fundação Jardim Zoológico de Brasília

Fundação Jardim Zoológico de Brasília Avenida das Nações, Via L4 Sul, s/n - Brasília, DF. CEP - 70610-100 Telefone: 3445-7000