Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/01/20 às 15h50 - Atualizado em 31/01/20 às 15h05

Jabuti-tinga

Jabuti-tinga (Chelonoidis denticulata)

 

TAXONOMIA
Classe Reptilia
Ordem Testudinata
Família Testudinidae

 

Características: Esses animais podem ultrapassar 80 cm de comprimento de casco, e chegar a pesar mais de 60 kg. O plastrão é reto ou convexo nas fêmeas e côncavo nos machos, justamente para encaixarem nas fêmeas por ocasião da cópula. Na presença de outro macho no local, ocorrem disputas pela fêmea. Os machos recolhem a cabeça sob o casco e batem os cascos um no outro buscando virar o adversário.

 

Distribuição Geográfica: No Brasil, ocorrem nas regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste. Também ocorrem na Bolívia, Colômbia, Guiana Francesa, Guiana, Peru, Suriname, Trinidad e Tobago e Venezuela.

Habitat: Possuem hábitos terrestres, vivendo especialmente em áreas florestais densas.

 

Alimentação: Frutas, vegetais, insetos e vermes.

 

Reprodução: Ovíparo (até 15 filhotes).

 

Expectativa de Vida em Cativeiro: Aproximadamente 80 anos.

 

Status de Conservação (MMA): Não Ameaçado (LC).

 

Curiosidades: Em inglês, é chamado de Yellow-Footed Tortoise (Tartaruga de Pés Amarelos), pois possui escamas amarelas, ou amarelo-alaranjados, nas patas e na cabeça. O Jabuti-tinga é a maior espécie de jabuti da América do Sul. Desempenha papel importante na dispersão de sementes na região Amazônica, consumindo uma grande diversidade de espécies vegetais.

 

 

ZOO - Governo do Distrito Federal

Fundação Jardim Zoológico de Brasília

Fundação Jardim Zoológico de Brasília Avenida das Nações, Via L4 Sul, s/n - Brasília, DF. CEP - 70610-100 Telefone: 3445-7000