Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/10/17 às 18h29 - Atualizado em 13/10/17 às 18h50

O mundo precisa de mais antas

COMPARTILHAR

A anta é um dos grupos mais antigos de mamíferos existentes, com cerca de 50 milhões de anos de origem. Atualmente, os pesquisadores reconhecem pelo menos seis espécies, sendo a anta-malaia (Tapirus indicus) a única que ocorre fora das Américas. As demais vivem em uma grande variedade de ambientes que se estendem desde o México até o norte da Argentina e, entre elas, está a anta-brasileira (Tapirus terrestris). O nome popular é uma referência ao país que abrange a maior parte da sua área de ocorrência, mas este animal também é encontrado em outros 10 países sul-americanos.

 

Apesar de ser o maior mamífero terrestre do país, a anta sofre no Brasil com a caça ilegal, destruição do habitat e atropelamentos em estradas. A espécie é considerada “vulnerável” pela Lista Vermelha do Ministério do Meio Ambiente e já desapareceu da Caatinga, perdeu 67% da sua população no Cerrado e algumas populações na Mata Atlântica contam com menos de 20 indivíduos. O cenário é preocupante pois o animal é uma peça essencial para o funcionamento desses biomas. Devido ao hábito de comer frutas, exerce o papel de dispersora de sementes para várias plantas, incluindo o famoso açaí (Euterpe oleracea). Em função disso, pesquisadores apelidaram a anta de “jardineira das florestas”. Se não fizermos algo para protegê-la e ajudá-la a recuperar as suas populações, há um sério risco de termos um mundo não só sem antas, sem florestas saudáveis, mas também sem açaí no futuro.

 

O Zoológico de Brasília participa da missão para impedir que a extinção da espécie aconteça e cuida de uma família de quatro antas, composta pelos idosos Chico e Chica e os jovens Melancia e Ozzy Tobias. O casal mais novo foi resgatado em Goiás e já está perto da idade reprodutiva, podendo em breve contribuir para a conservação da sua espécie. Eles, inclusive, estão começando a exibir um comportamento de trotar que é típico do cortejo das antas. Se você também deseja ver esse início de namoro tão curioso e não aceita um futuro sem estes animais, venha nos visitar e conhecer o nosso trabalho. Afinal, #OMundoPrecisaDeMaisAntas!

ZOO - Governo de Brasília

Fundação Jardim Zoológico de Brasília Avenida das Nações, Via L4 Sul, s/n - Brasília, DF. CEP - 70610-100 Telefone: 3445-7000