Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/01/20 às 16h02 - Atualizado em 31/01/20 às 15h43

Tartaruga-da-Amazônia

Tartaruga-da-Amazônia (Podocnemis expansa)

 

 

TAXONOMIA
Classe Reptilia
Ordem Testudines
Família Podocnemididae

 

Características: A tartaruga-da-Amazônia é caracterizada pela presença de casco ósseo, de forma oval, coberto por placas córneas e a presença de manchas escuras regulares na carapaça com cores pretas, alaranjadas ou marfim. As patas são curtas e apresentam cinco unhas nas anteriores e quatro nas posteriores, sendo muito potentes. A cabeça é achatada e possui desenhos no rosto que funcionam como uma impressão digital e não se repetem de um indivíduo para o outro.

 

Distribuição Geográfica: No Brasil ocorrem principalmente na Bacia Amazônica, na região norte do país, sendo encontrada também na Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Venezuela, Trinidad e Tobago.

Habitat: Habitam baías dos grandes rios e lagos.

 

Alimentação: Peixes, moluscos, crustáceos, insetos, vermes, frutas e folhas.

 

Reprodução: Ovíparo (média de 100 ovos).

 

Expectativa de Vida em Cativeiro: Aproximadamente 100 anos.

 

Status de Conservação (MMA): Quase Ameaçado (NT).

 

Curiosidades: Apesar do nome, a tartaruga-da-Amazônia é considerada na verdade um cágado. Mesmo porque, tartaruga é o nome designado especificamente para os quelônios marinhos. A tartaruga-da-Amazônia é também conhecida como tartaruga-verdadeira. Os inimigos naturais da Tartaruga-da-Amazônia, quando filhotes, são os urubus, as piranhas, os jacarés, os jaús e alguns peixes grandes. Ela é considerada o maior quelônio de água doce da América do Sul, podendo ultrapassar 100 cm de comprimento de carapaça

 

ZOO - Governo do Distrito Federal

Fundação Jardim Zoológico de Brasília

Fundação Jardim Zoológico de Brasília Avenida das Nações, Via L4 Sul, s/n - Brasília, DF. CEP - 70610-100 Telefone: 3445-7000