Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/01/20 às 16h47 - Atualizado em 11/05/20 às 18h35

Tatu-bola

Tatu-bola (Tolypeutes tricinctus)

 

TAXONOMIA
Classe Mammalia
Ordem Cingulata
Família Dasypodidae

 

Características: Esta é a menor espécie brasileira de tatu conhecida, medindo cerca de 30 cm e pesando entre 1 e 1,8 kg. Possui geralmente três bandas móveis na carapaça, que permitem ao animal curvá-la e fechar-se em formato de “bola”, sendo este um mecanismo de defesa. Apresenta 5 dedos em cada membro anterior e também nos posteriores, com o segundo, o terceiro e o quarto dedos destas fundidos e o primeiro e quinto ligeiramente separados. A pequena cauda é coberta por escudos dérmicos.

 

Distribuição Geográfica: É a única espécie de tatu endêmica do Brasil, sendo encontrada nos estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e em algumas regiões do Maranhão, Tocantins, Goiás e Minas Gerais.

Habitat: Caatinga e algumas áreas do Cerrado.

 

Alimentação: Onívoro.

 

Reprodução: Gestação de 120 dias, nascendo 1 filhote.

 

Expectativa de Vida em Cativeiro: 17 anos. 

 

Status de Conservação (MMA): Em Perigo.

 

Curiosidades: Apesar de ter sido a mascote da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, o tatu-bola-da-Caatinga enfrenta grave ameaça da caça e destruição e fragmentação do habitat por fazendas, estradas e construção de parques eólicos. A Fundação Jardim Zoológico de Brasília é o único zoo no mundo a criar e trabalhar com essa espécie, e tem participação ativa em estudos sobre o seu comportamento e conservação.

 

Plantel do Zoológico
Machos  Fêmeas  Indeterminado
1 0 0

 

* Com informações de: IUCN, ICMBio e Ministério do Meio Ambiente.

ZOO - Governo do Distrito Federal

Fundação Jardim Zoológico de Brasília

Fundação Jardim Zoológico de Brasília Avenida das Nações, Via L4 Sul, s/n - Brasília, DF. CEP - 70610-100 Telefone: 3445-7000